Ouattara pede rendição das forças fiéis a Laurent Gbagbo na Côte d'Ivoire

Abidjan, Côte d'Ivoire (PANA) – O Presidente « eleito » da Côte d'Ivoire, Alassane Dramane Ouattara, pediu quarta-feira às forças militares e paramilitares leais ao Presidente cessante, Laurent Gbagbo, que se juntem « à legalidade com vista a fazer respeitar a vontade dos Ivoirienses » expressa nas urnas.

Numa declaração feita na cadeia de televisão « Télé Côte d'Ivoire (TCI)",  o Presidente eleito pediu-lhes que se juntem aos seus irmãos de armas, incluindo as Forças Republicanas da Côte d'Ivoire (FRCI) que começaram, desde segunda-feira, a « restabelecer a democracia e fazer respeitar o voto do povo ».

«Peço-lhes que se coloquem à disposição do vosso país e se juntem à legalidade », pediu Ouattara.

« Ainda é tempo de se juntarem aos vossos irmãos de armas das FRCI,  o país chama-vos. A vossa atitude republicana poderá evitar novos sofrimentos às nossas populações », acrescentou.

Ouatttara comprometeu-se a construir um Exército « republicano, respeitado por todos ».

Desde o início da ofensiva militar das FRCI, várias localidades que estiveram sob o controlo das forças leais a Gbagbo foram retomadas pelas FRCI.

Segundo vários testemunhas, as FRCI estão às portas de Abidjan, a capital económica do país, onde estão concentrados a maioria das forças fiéis a Gbagbo.

-0- PANA BAL/AAS/IBA/FK/IZ 31março2011

31 Março 2011 16:14:12




xhtml CSS