Oposição preocupada com ameaças terroristas no Burkina Faso

Ouagadougou, Burkina Faso (PANA) – A oposição burkinabe declarou quinta-feira que o receio no país "é cada vez maior" face ao recrudescimento dos ataques terroristas, e apelou ao Presidente Roch Marc Christian Kaboré para equipar devidamente as forças de defesa e segurança.

"Quer se trate de coisas ligadas à circulação de pessoas e bens quer dos ataques djihadistas, o receio dos Burkinabes é grande. Os atentados são muito fortes », declarou o chefe da oposição, Zéphirin Diabré, no termo duma reunião com o chefe de Estado.

Diabré, que lidera uma delegação de 19 membros da oposição, sublinhou que a população « deseja ver rapidamente uma evolução que mostre as nossas forças de defesa e segurança, devidamente equipadas e treinadas, a fazer progressos neste domínio ».

O Burkina Faso, à semelhança dos demais países da sub-região, está sob a ameaça terrorista desde 15 de janeiro, quando um comando armado do Al-Qaeda para o Magrebe Islâmico (AQMI) fez cerca de 30 mortos de várias nacionalidades, em Ouagadougou, a capital burkinabe.

-0- PANA NDT/BEH/MAR/IZ 07julho2016

07 Julho 2016 18:46:02


xhtml CSS