Oposição exige libertação de prisioneiros políticos na Côte d'Ivoire

Abidjan, Côte d'Ivoire (PANA) – A porta-voz dos partidos e grupos políticos da oposição na Côte d'Ivoire, Daniela Djédjé Boni, exprimiu terça-feira, durante a sessão de retomada do Quadro Permanente de Diálogo (CPD) com o Governo, a sua insistência para a libertação de todos os prisioneiros políticos detidos.

"Chamámos a atenção do Governo com muita insistência sobre a situação dos prisioneiros políticos. Gostaríamos que o Governo faça um gesto que poderia libertar a maioria ou a totalidade dos detidos políticos", declarou Djédjé Boni.

Ela revelou que os partidos e grupos políticos que têm direito a financiamento excecional queriam beneficiar de fundos consequentes para que a democracia possa exercer-se durante as eleições legislativas previstas, segundo o prazo constitucional, entre 27 de outubro e 26 de novembro de 2016, para competir nas melhores condições.

O ministro de Estado encarregue do Diálogo Político e Relações com as Instituições, Jeannot Kouadio Ahoussou, afirmou que a retomada do diálogo político enquadra-se numa dinâmica de associar os partidos de oposição às próximas eleições legislativas e ao referendo constitucional.

O CPD, instituído em abril de 2012, realizou a sua última reunião a 9 de setembro de 2015.

-0- PANA BAL/TBM/SOC/MAR/TON 24fevereiro2016

24 Fevereiro 2016 18:42:30


xhtml CSS