Oposição contra envio de contingente mauritano à Arábia Saudita

Nouakchott, Mauritânia (PANA) - A Coligação das Forças Democráticas (RFD, oposição) rejeitou a ideia do envio dum contingente mauritano à Arábia Saudita com vista a combater os rebeldes Houthis do Iémen, lê-se numa declaração divulgada segunda-feira.

O Presidente mauritano, Mohamed Ould Abdel Aziz, efetuou recentemente uma visita de vários dias á Arábia Saudita, a que se seguiu uma viagem para Nouackhott de uma delegação chefiada pelo vice-ministro saudita da Defesa.

Este foi recebido em audiência pelo Presidente mauritano e pelo chefe de Estado-Maior das Forças Armadas com os quais abordou a "cooperação militar e a formação", indica um responsável governamental saudita.

Várias fontes revelaram o envio dum contingente de 500 soldados mauritanos à Arábia Saudita no termo desta visita.

Denunciando uma operação motivada unicamente por "cálculos financeiros", a RFD declarou-se "implacavelmente oposta, nas condições atuais, ao envio de tropas mauritanas à Arábia Saudita com vista a combater a rebelião Houtis".

-0- PANA SAS/IS/MAR/DD 20out2015

20 Outubro 2015 09:40:05


xhtml CSS