Oito pessoas mortas em confrontos tribais no oeste do Sudão

Cartum, Sudão (PANA)   - Pelo menos oito pessoas morreram e 18 outras ficaram feridas durante confrontos ocorridos segunda-feira última entre as tribos árabes Salamat e Habbaniyah estabelecidas em Darfur-Sul, indicaram vários jornais publicados em Cartum.

Falando  a partir de Nyala, a capital de Darfur (conturbada região ocidental do Sudão), o jornal Al-Sudani escreveu que os confrontos eclodiram na localidade de Buramm, no Estado de Darfur-Sul, perto da fronteira com a República Centroafricana (RCA).

O jornal não indicou a tribo que está na origem dos confrontos, nem estabeleceu um balanço pormenorizado das vítimas em ambos lados.

Citando o vice-governador do Estado, Sabil Ahmed Sabil, o diário sudanês informou que as autoridades enviaram no mesmo dia elementos das forças armadas ao local de confrontos com a mmissão de porem fim a estas hostilidades.

Um comité de mediação do vice-presidente do Conselho Legislativo do Estado e líderes da administração indígena deviam deslocar-se ao local terça-feira para negociações a fim de reconciliar as duas tribos, declarou o vice-governador.

Estes novos confrontos lembram aqueles que ceifaram a vida de pelo menos 40 pessoas, além de várias dezenas de feridos.

Desde 2012, várias conferências de reconciliação e uma mediação foram concluídas sem no entanto obter uma cessação das hostilidades.

-0- PANA MO/MA/AKA/BEH/FK/DD 10maio2017

10 مايو 2017 08:16:00




xhtml CSS