OIT publica novo relatório sobre trabalho infantil

Nova Iorque, Estados Unidos (PANA) -  Quase 20 a 30 porcento das crianças nos países de fraca receita concluem a sua escolaridade e entram no mercado do trabalho aos 15 anos de idade, segundo um novo relatório da Organização Internacional do Trabalho (OIT) publicado por ocasião do Dia Mundial contra o Trabalho Infantil celebrado sexta-feira no mundo inteiro.

No documento intitulado "Relatório Mundial sobre o Trabalho Infantil de 2015 : Abrir a Via para um Trabalho Decente para os Jovens", a OIT indica que os jovens pressionados pelo trabalho enquanto crianças são mais suscetíveis de se contentar com empregos familiares não remunerados ou ocupar empregos pouco remunerados.

Baseado num inquérito em 12 países, o relatório examina as futuras carreiras de antigas crianças trabalhadoras e jovens na fase de abandono escolar.

O estudo recomenda intervenções precoces para retirar as crianças do trabalho para a escola,  bem como medidas para facilitar a transição da escola para oportunidades de  trabalho decente para os jovens.

-0- PANA AA/AR/MTA/TBM/SOC/FK/IZ 12junho2015

12 Junho 2015 15:09:53


xhtml CSS