OIF suspende República Centro Africana

Bruxelas, Bélgica (PANA) - A Organização Internacional da Francofonia (OIF) suspendeu a República Centro Africana (RCA) das suas instâncias na sequência do golpe de Estado perpetrado pelo movimento rebelde Séléka,  segundo um comunicado oficial.

Esta decisão foi tomada no termo duma reunião extraordinária do Conselho Permanente da Francofonia (CPF), em Paris, na sequência do relatório divulgado pelo ex-ministro belga dos Negócios Estrangeiros, Louis Michel, nomeado enviado especial da OIF para a República Centro Africana, que efetuou uma missão nos países da sub-região da África Central.

No seu comunicado, a OIF sublinha que esta decisão resulta da Declaração do Bamako que estipula que «para preservar a democracia, a Francofonia condena os golpes de Estado e qualquer tomada de poder pela violência, pelas armas ou por qualquer outro meio ilegal ».

Os membros do CPF decidiram suspender a RCA, ao reconhecer a decisão tomada pelos chefes de Estado e de Governo da Comunidade Económica dos Estados da África Central (CEEAC), que instaurou um dispositivo institucional de transição  no país composto por um Presidente de transição, um Conselho Nacional de Transição, um Tribunal Constitucional de Transição e um Governo de União Nacional e aceite pelas novas autoridades centro-africanas.

O CPF  vai reunir-se a 28 de junho de 2013 em função dos progressos constatados no processo de saída de crise, nomeadamente a aplicação das medidas destinadas a restabelecer a ordem constitucional, precisa o comunicado da OIF.

-0- PANA AK/TBM/IBA/FK/TON 10abril2013

10 أبريل 2013 09:23:44




xhtml CSS