OIF reafirma apoio ao "roteiro da paz" para Médio Oriente

Ouagadougou- Burkina Faso (PANA) -- A X cimeira da franconfonia, reunida sexta-feira e sábado últimos em Ouagadougou, declarou-se preocupada pela persistência das violências no Médio Oriente e reafirmou a sua dedicação ao "roteiro da paz" cuja implementação continua a ser "o melhor meio visando uma retomada do processo de paz".
Numa declaração sobre o Médio Oriente adoptada pelos chefes de Estado e de governo da Organização Internacioal da Francofonia (OIF), esta última expressa em primeiro lugar a sua "profunda simpatia" ao povo palestiniano na sequência do falecimento de Yasser Arafat e reitera o seu apoio à Iniciativa Árabe de Paz, aprovada por unanimidade durante a cimeira árabe de Beirute, ocorrida de 27 a 28 de março de 2002.
Toma igualmente nota da votação pela Assembleia Geral das Nações Unidas da opinião consultiva do Tribunal Internacional de Justiça que declarara contrária ao direito internacional a contrução dum muro em territórios ocupados além da linha do armistício de 1949.
A organização francófona apela as partes no conflito para honrarem os seus compromissos em relação ao roteiro e a comunidade internacional para se mobilizar por forma a facilitar a realização das eleições democráticas em que todos os palestinianos, incluindo os de Jerusalém Oriental, possam participar.
A OIF reafirma igualmente o seu "pleno compromisso" a favor duma solução justa, global e duradoura para o conflito do Médio Oriente.

28 Novembro 2004 14:10:00




xhtml CSS