Obasanjo promete acelerar restruturação da Comissão da UA

Addis Abeba- Etiópia (PANA) -- A aceleração da restruturação em curso da Comissão da União Africana (UA) é a tarefa prioritária fixada pelo novo presidente em exercício da organização continental, Olusegun Obasanjo, chefe de Estado nigeriano.
Ao presidir à III Cimeira ordinária da UA iniciada terça-feira em Addis Abeba, o Presidente Obasanjo sublinhou desejar uma conclusão rápida da restruturação da Comissão por forma a reforçar a sua capacidade de prestação de serviços.
O Presidente Obasanjo foi eleito por unanimidade, para um mandato de um ano, presidente em exercício da UA em substituição do chefe de Estado moçambicano Joaquim Alberto Chissano.
O chefe de Estado nigeriano recordou que o objectivo fundamental da UA era essencialmente acelerar a criação da Comunidade Económica Africana para uma rápida integração sócio-económica do continente.
"Penso que a visão, a missão e o plano de acção estratégico, conforme formulados pela Comissão, deverão dar um ímpeto adequado para imprimir uma nova dinâmica no nosso esforço colectivo para a realização destes objectivos", declarou.
A Nigéria, que já foi um baluarte contra os conflitos em várias regiões de África, está doravante mais determinada a exercer o seu poder em todos os focos de tensão do continente.
Embora possa contar com o apoio dos Estados membros da UA para levar a cabo as suas acções, Obasanjo declarou que o seu país tinha a intenção de enfrentar as situações de conflito em África "com um vigor e uma determinação renovados".
A Nigéria vai também "empenhar-se sem descanço" para que a África ocupe bom espaço na agenda dos países industrializados do G8, da União Europeia e de outros parceiros a fim de acelerar o desenvolvimento sócio-económico do continente.
Obasanjo prometeu ainda colocar em primeiro plano a convicção africana de que uma política multilateral eficaz continua a melhor opção para tratar de questões relativas à paz e à criação de um dispositivo de segurança colectivo em conformidade com a Carta das Nações Unidas.

06 Julho 2004 22:42:00




xhtml CSS