Obama insta Gbagbo a respeitar vontade do povo ivoiriense

Abidjan, Côte d’Ivoire (PANA) – O Presidente americano, Barack Obama, convidou, numa mensagem aos Ivoirienses, o Presidente cessante da Côte d'Ivoire, Laurent Gbagbo, a « seguir o exemplo dos chefes que rejeitam a violência e respeitam a vontade do povo”.

Numa mensagem vídeo endereçada no fim de semana aos Ivoirienses, Obama considera que a Côte d’Ivoire está « numa cruzada de caminhos com duas vias ».

« Uma é a que Laurent Gbagbo e os seus apoiantes se mantêm no poder, o que apenas causará mais violência, mais civis inocentes feridos e mortos e maior isolamento diplomático e económico », declarou Obama.

« Ou então a Côte d’Ivoire pode seguir a outra via : em que Laurent Gbagbo segue o exemplo de chefes que rejeitam a violência e respeitam a vontade do povo », acrescentou.

Para Obama, as eleições presidenciais de 28 de novembro último foram « livres e honestas » e « o Presidente Alassane Ouattara é o chefe democraticamente eleito da nação ».

Obama conclui a sua mensagem ao indicar aos Ivoirienses a via que deveriam seguir. « A que os Ivoirienses retomam o seu país e reconstroem uma economia florescente que antes suscitava a admiração de África e em que a Côte d’Ivoire é novamente acolhida no concerto das nações ».

« Vocês merecem a oportunidade de determinar o vosso destino. É tempo de a democracia triunfar na Côte d’Ivoire e os que escolherem esta via encontrarão um amigo e um parceiro nos Estados Unidos de América”, exortou Obama.

Laurent Gbagbo, que se recusa a deixar o poder perdido nas urnas, é objeto de intensas pressões diplomáticas e sanções económicas. Um projeto de resolução está a ser examinado  pelo Conselho de Segurança das Nações Unidas para exigir a sua destituição.

-0- PANA BAL/TBM/MAR/TON 28mar2011

28 Março 2011 12:04:30




xhtml CSS