ONUCI espera terceiro hélicoptero de combate

Nova Iorque, Estados Unidos (PANA) – As Nações Unidas informaram que a Operação da ONU na Côte d'Ivoire (ONUCI) está a aguardar um terceiro helicóptero de combate para reforçar a capacidade da sua missão de enfrentar a violência crescente no país.

"A chegada destes equipamentos de reforço vai melhorar a capacidade operacional da missão das Nações Unidas na Côte d'Ivoire, em particular na proteção dos civis", indica um comunicado transmitido à PANA em Nova Iorque.

O comunicado indica igualmente que os helicópteros vão ajudar a missão a enfrentar os ataques contra o seu pessoal e as suas infra-estruturas, mas também contra os partidários de Alassane Ouattara, proclamado vencedor  da segunda volta das eleições presidenciais de 28 de novembro passado.

Indicou que os helicópteros seriam utilizados para promover a paz e garantir a proteção aos civis, precisando que a missão tinha efetuado 864 patrulhas aéreas e terrestres no país, na semana passada, apesar do bloqueio e outros obstáculos.

A ONU revela ainda que cerca de 50 pessoas morreram nos confrontos entre partidários do Presidente cessante, Laurent Gbagbo, e de Ouattara, em uma semana, elevando o número de vítimas para 365 desde a eclosão da violência em meados de dezembro.

O Conselho de Segurança das Nações Unidas autorizou recentemente o desdobramento imediato de dois mil capacetes azuis e de três helicópteros de combate para reforçar a sua missão de manutenção da paz na Côte d'Ivoire.

Ele exprimiu-se preocupado com a intensificação dos ataques contra civis em Abidjan, o que aumentou o número de refugiados e de pessoas deslocadas, e com o risco de retorno da guerra civil de 2002 que dividiu o país em dois - o Sul controlado pelo Governo e o Norte controlado pelos rebeldes.

O Conselho de Segurança convidou igualmente ambas as partes a se conterem e condenou   atos de violência dirigidos contra o pessoal das Nações Unidas e os civis.

Uma força das Nações Unidas composta por nove mil pessoas foi desdobrada na Côte d'Ivoire durante os últimos sete  anos para apoiar os eforços de estabilização e de reunificação do país.

-0- PANA AA/BOS/LSA/SSB/CCF/TON 6mar2011

06 Março 2011 10:32:09




xhtml CSS