ONUCI denuncia agressão de apoiantes de Laurent Gbagbo

Abidjan, Côte d'Ivoire (PANA) – A Operação das Nações Unidas na Côte d'Ivoire (ONUCI) deplorou terça-feira os atos repetidos de agressão contra as suas patrulhas cometidos por uma parte da população apoiadas pelas forças leais ao Presidente cessante, Laurent Gbagbo.

Num comunicado divulgado em Abidjan, a ONUCI informa que elementos de segurança da ONUCI que aguardavam à entrada dum hotel pela chegada do emissário da União Africana (UA), o primeiro-ministro queniano Raila Odinga, escoltado por uma das suas patrulhas ,foram cercados por um grupo de jovens apoiantes de Laurent Gbagbo.

Uma situação aproveitada pelos elementos armados que apoiavam os jovens para disparar contra veículos, obrigando os militares da ONUCI a ripostar com tiros de repreensão ao ar, explica o comunicado.

A ONUCI indica que a reportagem deste incidente divulgada segunda-feira pela Radiotelevisão Ivoiriense (RTI), controlada por Laurent Gbagbo, não está conforme aos factos e denuncia uma campanha de propaganda cujo objetivo seria intensificar o ódio contra os seus elementos.

Desde a eclosão da crise pós-eleitoral, a ONUCI, acusada de parcialidade, é objeto de hostilidade e de ataques físicos por parte dos apoiantes de Laurent Gbagbo.

-0- PANA BAL/JSG/FK/TON 18jan2011


18 Janeiro 2011 13:08:56




xhtml CSS