ONU reitera apoio a acordo de 31 dezembro na RD Congo

Kinshasa, RD Congo (PANA) - A Missão das Nações Unidas para a Estabilização na RD Congo (MONUSCO) apoia o Acordo de 31 de dezembro de 2016 e recomenda a divulgação do calendário eleitoral, como único meio de tirar a RD Congo da situação atual, indicou quarta-feira Florence Marchal, porta-voz adjunta da MONUSCO.

"Estamos satisfeitos com a assinatura deste acordo e vimos neste acordo o povo congolês ir às eleições. Para nós, a publicação do calendário eleitoral é uma etapa-chave do processo eleitoral. Caso não seja divulgado antes de 31 de dezembro, a MONUSCO vai aplicar o mandato que lhe foi conferido", afirmou Marchal.

A classe política congolesa está dividida sobre a evolução do processo eleitoral, porque, até agora, não há nem calendário nem ficheiro eleitoral.

A maioria presidencial pede que se deixe a Comissão Eleitoral Nacional Independente (CENI) fazer o seu trabalho, enquanto a oposição exige à CENI e a todas as partes do processo eleitoral o respeito pelo acordo de 31 de dezembro de 2016 e a divulgação de um calendário eleitoral antes de finais de 2017.

Como resultado, acumulam-se as preocupações sobre a organização das eleições antes de finais de 2017, porque, a dois meses do fim do ano, a operação de recrutamento apenas arrancou nas províncias do centro do país, devendo continuar com os Congoleses residentes no estrangeiro.

-0- PANA KON/IS/MAR/IZ 04out2017

04 Outubro 2017 21:41:48


xhtml CSS