ONU reforça ajuda a vítimas de seca na Etiópia

Nova Iorque. Estados Unidos (PANA) – O Escritório das Nações Unidas para a Coordenação dos Assuntos Humanitários (OCHA) lançou sexta-feira um apelo para uma assistência acrescida a cerca de dois milhões de pessoas atingidas pela seca na Etiópia.

O OCHA indicou num comunicado transmitido à PANA em Nova Iorque que a seca que assola este país deverá persistir até à próxima estação das chuvas em outubro.

No entanto, ele ressaltou que "a água é encaminhada por camiões cisternas para residentes das baixas terras no sul e sudeste do país afetados pela seca''.

Disse igualmente que as agências de ajuda da Organização das Nações Unidas (ONU), com a colaboração das autoridades nacionais,  Organizações Não Governamentais (ONG), distribuem víveres aos lares necessitosos e que fornecem cuidados de saúde, serviços veterinários e pastos de gado.

As agências advertem do risco acrescido do surto da epidemia causada pela seca nestes últimos anos'', indicou o comunicado.

O Governo etíope lançou um apelo para uma assistência humanitária estimada em 75 milhões de dólares em abril e maio, enquanto as agências da ONU e seus parceiros pediram mais recursos para enfrentar as necessidades crescentes e alargar as operações nos próximos meses a fim de evitar grandes intervalos no fornecimento da ajuda.

OCHA disse que "as recentes perturbações no Médio Oriente e na África do Norte levaram à baixa do nível da procura em termos de exportações de gado, reduzindo deste modo os recursos das comunidades afetadas''.

-0- PANA AA/VAO/AKA/TBM/IBA/CJB/DD    29abril2011

29 Abril 2011 22:35:47


xhtml CSS