ONU preocupada com ataques de veículos humanitários na RCA

Nova Iorque, Estados Unidos (PANA) – O coordenador humanitário interino das Nações Unidas na República Centroafricana (RCA), Michel Yaa, condenou um ataque armado contra um cortejo de Médicos Sem Fronteiras (MSF) que transportava medicamentos e combustível a partir da capital, Bangui, para a cidade de Bangassou, situada no sudeste do país, a 17 de junho corrente.

Um comunicado da ONU transmitido à PANA em Nova Iorque nota que o responsável do cortejo foi morto.

Yaa sublinhou o caráter muito precário do trabalho humanitário neste país e declarou que os trabalhadores humanitários prestam uma assistência vital para reduzir os sofrimentos das pessoas afetadas pela crise.

Ele declarou igualmente que tais eventos entravam o fornecimento de ajuda às pessoas que têm necessidades urgentes e mostram a necessidade crucial de garantir a proteção dos civis, de respeitar e de proteger os trabalhadores humanitários no respeito do direito internacional humanitário.

Ele lembrou que, a 18 de maio, um motorista empregado pelo MSF foi morto num outro ataque perto de Bossangoa, cidade situada no noroeste do país.

O responsável da ONU exprimiu as suas condolências às famílias dos defuntos, e apelou para um inquérito sobre os ataques e para que os autores sejam julgados, afirmando que a comunidade humanitária estabelecida na RCA continua plenamente engajada em fornecer uma ajuda a todos os que dela necessitam.

-0- PANA AA/MA/AKA/BEH/MAR/IZ 22junho2016

21 Junho 2016 17:08:57




xhtml CSS