ONU insta África a priorizar género para alcançar ODM

Dakar- Senegal (PANA) -- A  ignorância do conceito género nas políticas de desenvolvimento constituirá um obstáculo principal ao alcance dos Objectivos de Desenvolvimento do Milénio (ODM) e ao sucesso das estratégias nacionais de redução da pobreza em África.
Esta observação foi feita quarta-feira em Dakar pelo representante local do Sistema das Nações Unidas no Senegal, Albéric Kacou, durannte uma jornada de reflexão sobre o género e os ODM.
Albéric Kacou insistiu na necessidade de os líderes dos países em via de desenvolvimento trabalharem para a igualdade e a equidade entre os homens e as mulheres.
Segundo ele, a integração do género constitui um valor acrescentado na realização dos objectivos económicos pois permite estabelecer o laço entre o desenvolvimento das actividades das mulheres, o seu acesso aos serviços básicos e a sua contribuição para o Produto Interno Bruto (PIB).
De acordo com a socióloga senegalesa Fatou Sarr,  os governantes dvem considerar o conceito género como um desafio de desenvolvimento e de análise já que as mulheres constituem mais de metade da população activa em vários países africanos.
"A redução da pobreza passa por uma criação de riquezas que necessita de uma melhoria da produtividade da população activa" disse, defendendo uma maior participação das mulheres na gestão da economia.

17 Novembro 2005 21:24:00


xhtml CSS