ONU felicita UA por nomear representante para mulheres

Nova Iorque, Estados Unidos (PANA) – A representante especial da Organização das Nações Unidas (ONU) para a luta contra a violência sexual nos conflitos, Margot Wallstrom, congratulou-se quinta-feira com a decisão da União Africana (UA) de combater a violência sexual no continente pela nomeação de um representante especial para as mulheres.

“A violência sexual nos conflitos não é apenas um problema africano. Este flagelo encontra-se em toda a parte na história e na geografia”, declarou.

Para Wallstrom,  citada num comunicado, sem o compromisso dos dirigentes políticos de África, será impossível erradicar este crime internacional.

Ela saudou, por isso, a decisão da organização pan-africana de nomear um representante especial para as mulheres, considerando ser "fundamental" este compromisso assumido pela UA de "passar a ações concretas".

Margot Wallstrom prometeu apoiar este representante que servirá de intermediário para reforçar a parceria entre a UA e a ONU neste domínio.

Declarou que a nomeação de um representante especial para as mulheres mostra que o destino destas e das crianças é a principal preocupação para a paz e a segurança em África.

Também mostrou a sua satisfação pelo esforço da UA de nomear mais mulheres como representantes especiais e o seu a apoio à participação das mulheres nos processos de paz.

“No entanto, para conseguir uma ação concertada, incentivo fortemente o Conselho de Segurança da ONU e o Conselho de Paz e Segurança da UA a incluir a violência sexual em conflitos na ordem do dia das suas reuniões anuais”, acrescentou Margot Wallstrom.

-0- PANA AA/BOS/NFB/AAS/IBA/CCF/IZ 01avril2011

01 Abril 2011 18:54:14




xhtml CSS