ONU exorta Cabo Verde a melhorar dados estatísticos

Praia, Cabo Verde (PANA) – A representante do Sistema das Nações Unidas (SNU) em Cabo Verde, Ulrika Richardson-Golinski, exortou o Governo cabo-verdiano a introduzir melhorias na produção e disponibilização de dados estatísticos, visando a sua utilização na fundamentação de políticas públicas e no quadro dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS).

O apelo consta de uma mensagem que Ulrika Richardson-Golinski transmitiu na abertura de um ateliê sobre a “Gestão de dados para o Plano Estratégico de Desenvolvimento Sustentável (PEDS) centrado nas estatísticas do ambiente”, a decorrer na cidade da Praia,

Ela sublinhou que a periodicidade da produção e disponibilização de dados estatísticos é um grande desafio para Cabo Verde.

A formação, que decorre na cidade da Praia, é realizada pelo Instituto Nacional de Estatística (INE), em colaboração com a Direção Nacional do Planeamento e com o apoio da Divisão de Desenvolvimento Sustentável do Departamento de Assuntos Económicos e Sociais das Nações Unidas (UNDESA).

Pretende-se com esta ação dotar os técnicos cabo-verdianos com treinamentos para a implementação do Sistema Integrado de Estatísticas Ambientais (SIEA) e apoiá-los no desenvolvimento dos indicadores adequados para o seguimento do Quadro para o Desenvolvimento de Estatísticas do Ambiente (PEDS 2013).

Cabo Verde está na fase final da elaboração do PEDS, para o período 2017-2021, cujo processo passa pela integração dos ODS e do Roteiro de Samoa.

A metodologia de Perfil de Vulnerabilidade e Resiliência do País (PVRP) está a ser considerada como uma ferramenta para promover essa integração.

O país já dispõe, desde 2016, de um documento metodológico para Estatísticas Ambientais que descreve as etapas necessárias para a implementação de um Sistema Integrado de Estatísticas do Ambiente (SIEA) com base no Quadro para o Desenvolvimento de Estatísticas do Ambiente (FDES 2013).

Conforme a diretora nacional do Planeamento, Carla Cruz, a  sustentabilidade económica e ambiental está garantida  dentro deste PEDS, com destaque para o programa de valorização das ilhas e dos recursos endógenos.

-0- PANA CS/IZ 24out2017


24 Outubro 2017 18:09:04


xhtml CSS