ONU e Itália assinam acordo de formação em tecnologias de informação

Maputo- Moçambique (PANA) -- Um acordo sobre o financiamento multilateral de um projecto para desenvolver os recursos humanos moçambicanos na esfera das Tecnologias da Informação e Comunicação (TIC) foi assinado quinta-feira em Maputo, a capital do país.
O pacto foi assinado pela representante do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) em Moçambique, Marylene Spezzati, e pelo embaixador italiano no país Guido Larcher.
Além da formação de professores e de funcionários públicos e responsáveis governamentais da área das TIC, o projecto avaliado em um milhão e 300 mil euros abarca também a criação de centros de formação nas três regiões geográficas de Moçambique (norte, central e sul).
O projecto, a ser implementado durante dois anos, faz parte de um programa mais amplo sobre as novas tecnologias iniciado em 2002 pela Unidade Técnica do governo para a implementação da Política Informática, com o apoio do PNUD.
Falando na cerimónia de assinatura, o ministro moçambicano da Ciência e Tecnologia Venâncio Massingue considerou o acordo como "uma contribuição preciosa" para a implementação do programa governamental de cinco anos.
Declarou que o seu governo está determinado a garantir que os cidadãos possam usar os preciosos recursos tecnológicos para poder produzir "melhor e e com mais eficiência".
O acordo permitirá formar um número considerável de funcionários públicos e outros empregados estatais em vários níveis e em todas as regiões do país, acrescentou.

28 Julho 2005 23:04:00


xhtml CSS