ONU considera massacre na Côte d'Ivoire crime contra a humanidade

Abidjan, Côte d'Ivoire (PANA) - A Operação das Nações Unidas na Côte d'Ivoire (ONUCI) declarou sexta-feira que a matança de civis ocorrida na quinta-feira à tarde em Abobo, na capital económica ivoiriense, Abidjan, constitui "um crime contra a humanidade".

De acordo com a missão da ONU,  o exame dos projéteis disparados contra o mercado de Abobo e arredores permite confirmar que foram utilizadas balas mortais de 81mm.

A ONUCI diz que essas balas, que fizeram entre 25 e 30 mortos bem como 60 feridos, foram disparadas a partir de um acampamento militar das forças de segurança leais ao Presidente cessante, Laurent Gbagbo.

A ONUCI reiterou a vontade de "tomar medidas adequadas" para proteger civis conforme o seu mandato.

-0- PANA BAL/AAS/CCF/IZ 18março2011

18 Março 2011 18:53:21




xhtml CSS