ONU condena atentados contra capacetes azuis na RCA

Nova Iorque, Estados Unidos (PANA) - Os membros do Conselho de Segurança da Organização das Nações Unidas (ONU) condenaram veementemente os ataques contra um cortejo automóvel da Missão Multidimensional Integrada das Nações Unidas para a Estabilização da República Centroafricana (MINUSCA) perpetrados domingo passado em Bangui, causando a morte de um capacete azul.

Um comunicado transmitido terça-feira à PANA em Nova Iorque declarou que "os membros do Conselho de Segurança exprimiram as suas mais sinceras condolências à família do capacete azul morto, ao Governo dos Camarões e à MINUSCA".

Os membros do Conselho de Segurança desejaram igualmente rápidas melhoras às pessoas feridas.

Eles sublinharam que os ataques contra os soldados da paz podem constituir crime de guerra e lembraram a todas as partes as suas obrigações em virtude do direito internacional humanitário.

Os membros do Conselho apelaram às autoridades centroafricanas a inquirir rapidamente com a ajuda da MINUSCA sobre este ataque e julgar os culpados.

Os capacetes azuis da MINUSCA foram atacados por um grupo armado durante uma operação de busca destinada a deter um suposto criminoso, em aplicação dum mandado judicial do procurador de Bangui, causando ferimento a oito capacetes azuis.

Três suspeitos foram detidos durante a operação.

-0- PANA AA/VAO/MTA/IS/MAR/TON 04agosto2015

04 Agosto 2015 17:49:41




xhtml CSS