ONU concede apoio logístico ao referendo no Sudão

Nova Iorque- Estados Unidos (PANA) -- A Organização das Nações Unidas (ONU) anunciou o reforço do seu apoio logístico ao Sudão para facilitar a organização do referendo que decidirá a independência do Sudão Sul.
Segundo um comunicado da ONU, a que a PANA teve acesso em Nova Iorque terça- feira, mais de três mil kits de registro para o Sudão Sul e 840 kits para o norte, com registros de inscrições e cartões foram entregues no fim-de-semana passado à Comissão do Referendo do Sudão Sul (SSRC) e ao seu gabinete de Juba, a capital.
O diretor da Divisão Integrada da ONU para os Referendos e Eleições (UNIRED), Denis Kadima, declarou que a ONU ajudava a transportar os kits e os registros de Juba para as outras capitais, para formar perto de 11 mil agentes dos centros de referendo.
"A assistência técnica da UNIRED compreende a elaboração dos formulários de registro dos eleitores, a definição das condições de admissibilidade das queixas e o fornecimento de material para a formação dos eleitores", disse Denis Kadima.
A ONU fornece apoio logístico para o transporte deste material para as regiões sudanesas e em oito países onde os Sudaneses do Sul vão exercer o seu direito de voto, designadamente na Austrália, no Canadá, nos Estados Unidos, no Reino Unido, no Egipto, na Etiópia, no Uganda e no Quénia.
O comunicado revelou que a Missão das Nações Unidas no Sudão (MINUS) vai encaminhar este material por avião às zonas remotas e isoladas, enquanto a Missão da União Africana em Darfur (MINUAD) vai transportar o material de registro de Cartum para as capitais regionais destruídas pela guerra.
A Polícia da MINUS formou cerca de 14 mil agentes de Polícia no sul, entre maio e outubro, enquanto os preparativos para a formação sobre a segurança do referendo no norte estão em curso.

03 نوفمبر 2010 10:18:00




xhtml CSS