ONG senegalesa advoga criação de tribunal penal para África

Dakar- Senegal (PANA) -- A Organização Nacional para a Defesa dos Direitos Humanos (ONDH) do Senegal advogou a criação de um tribunal penal internacional para a África Ocidental para lidar com crimes que não estão previstos pelo Tribunal Penal Internacional.
Falando quinta-feira numa reunião sobre direitos humanos, o Presidente da ONDH, Boucounta Diallo, disse que tal tribunal sub- regional poderia lidar com "numerosos crimes cometidos na Côte d'Ivoire, Libéria, Serra Leoa e Guiné Conakry".
Diallo sublinhou que a sua ONG levaria a proposta à Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental (CEDEAO), que agrupa o Benim, Burkina Faso, Cabo Verde, Côte d'Ivoire, Gâmbia, Gana, Guiné Conakry, Guiné-Bissau, Libéria, Mali, Níger, Nigéria, Senegal, Serra Leoa e Togo.

25 Abril 2003 11:02:00




xhtml CSS