ONG malianas denunciam injustiças contra mulheres

Bamako- Mali (PANA) -- Organizações femininas malianas denunciam "com o maior rigor" todas as formas de violêncoias e injustiças contrárias ao espírito e à letra da Constituição maliana assim como aos textos nacionais e internacionais ratificados pelo Mali a favor da promoção da mulher.
Numa declaração publicada sexta-feira em Bamako, o Grupo Pilar Direito e Cidadania das Mulheres (GP/DCF) e a Coordenação das Associações e Organizações Não Governamentais (ONG) Femininas (CAFO) denunciam "actos graves e lamentáveis" de violência de que foram vítimas numerosas mulheres durante as últimas eleições legislativas.
Estas organizações apelam às mais altas autoridades malianas, à classe política e à administração para o respeito estrito por todos os compromissos assumidos a favor das mulheres.

28 Julho 2007 08:48:00


xhtml CSS