ONG africana critica sanções dos Estados Unidos contra Tchad

Lomé, Togo (PANA) – O Tchad não merece as sanções infligidas pelos Estados Unidos, nomeadamente a proibição de vistos de entrada neste país, indica um comunicado da Organização Não Governamental (ONG) Pax Africana publicado no fim de semana.

Neste documento, a Pax Africana, dirigida pelo ex-secretário-geral da Organização da Unidade Africana (OUA), o Togolês Edem Kodjo, defendeu o Tchad que figura entre os países proibidos de vistos de entrada nos Estados Unidos.

A Pax Africana que fala de « um grande espanto » e de «uma decisão surpreendente », enaltece no entanto atos realizados pelo Tchad na luta contra o terrorismo em África, nomeadamente no Mali e nas sub-regiões oeste-africana e central.

« Continuamente envolvido na dinâmica de autodefesa do continente negro, N’Djamena (Tchad)  desempenha, por outro lado, neste momento um grande papel na operacionalização do G5 Sahel », uma força orientada para as realidades regionais, capaz de erradicar o perigo djihadista (islamita) no norte do Mali e em torno do Sara, realçou a ONG.  

A seu ver, estes factos, entre outros, traduzem realizações corajosas da República tchadiana que, por si só, demonstram suficientemente que este Estado não tem, de modo algum, lugar na lista negra, "Travel Ban", divulgada recentemente pelos Estados Unidos.

A ONG internacional prestou homenagem ao Togo pelo seu « papel motor » na luta contra o terrorismo, esperando que "este país e os Estados Unidos, que são ao mesmo tempo aliados e parceiros na luta contra o terrorismo, cheguem quanto antes a um acordo diplomático para o levantamento desta proibição que afeta os cidadãos tchadianos ».

Há alguns dias, refere-se, os Estados Unidos colocaram o Tchad na lista de países cujos cidadãos estão proibidos de vistos de entrada no seu território alegando que este país se   recusou a partilhar eles informações sobre o terrorismo ou omitiu tomar medidas necessárias contra o terrorismo ».

-0- PANA FAA/IS/SOC/FK/DD  02out2017

02 Outubro 2017 11:42:41


xhtml CSS