OMS insta Estados a envolver-se na luta contra farmacorresistência

Kinshasa, RD Congo (PANA) - O representante da Organização Mundial da Saúde (OMS) na República Democrática do Congo (RDC), Léodegal Bazira, exortou em Kinshasa os Estados membros da organização a envolver-se na luta contra a farmacorresistência.

Falando quinta-feira por ocasião da celebração do Dia Mundial da Saúde, o doutor Bazira instou estes Estados a elaborar e a instaurar políticas e estratégias que tomem em conta a ameaça da farmacorresistência para limitar a evolução e a propagação eventual dos germes resistentes.

Ele convidou-os igualmente, à luz do lema do Dia Mundial da Saúde deste ano : « combater a farmacorresistência : agir hoje para curar Amanhã », a tomar consciência da real ameaça que constitui a farmacorresistência na região, para que os esforços sejam conjugados para a combater e mobilizar os recursos necessários para tal.

O  representante da OMS na RD Congo enumerou as outras causas da farmacorresistência, nomeadamente a utilização de medicamentos contrafeitos, os maus hábitos de prescrição e o desrespeito do tratamento prescrito.

-0- PANA KON/TBM/SOC/MAR/TON 08abril2011

08 أبريل 2011 13:33:08


xhtml CSS