OMS declara Libéria livre de Ébola

Monróvia, Libéria (PANA) – A Libéria está livre da epidemia de doença do vírus Ébola, declarou quinta-feira a Organização Mundial da Saúde (OMS).

O anúncio da OMS acontece 42 dias (dois ciclos de incubação do vírus de 21 dias) depois de o último paciente Ebola confirmado na Libéria ter sido testado negativo para a doença pela segunda vez, indica um comunicado da referida instituição.

A Libéria entra agora num período de 90 dias de supervisão acrescida para se verificar que todos os novos casos são identificados rapidamente e contidos antes de se propagarem, lê-se na nota..

A Libéria declarou primeiro o fim da transmissão do homem para o homem do Ébola a 9 de maio de 2015, mas o vírus reapareceu três vezes no país desde então. Os casos mais recentes foram uma mulher exposta ao vírus na Guiné Conakry e que viajou para Monrovia, na Libéria,  bem como seus dois filhos que ficaram depois infetados.

« A OMS felicita o Governo e o povo da Libéria pela sua resposta eficaz a este recente reaparecimento do vírus Ebola », explica Alex Gasasira, representante da OMS na Libéria, citado no comunicado.

“A OMS vai continuar a apoiar a Libéria nos seus esforços para prevenir, detetar e responder aos casos suspeitos », acrescentou a organização.

É pela quarta vez, desde o início da patologia, há dois anos, que a Libéria assinalou zero caso desta durante pelo menos 42 dias.

A Serra Leoa declarou o fim da transmissão de Ebola do homem para o homem a 17 de março de 2016 ao passo que a Guiné Conakry a 1 de junho de ota., depois das últimas eclosões, mencionou a nota.

A OMS adverte que os três países devem ficar vigilantes para novas infeções. Permanece o risco de epidemias suplementares devido à exposição de populações a líquidos orgânicos infetados de sobreviventes.

A epidemia mais devastadora, nunca conhecida antes, da doença do vírus Ébola começou em 2013 e continou durante mais de dois anos, causando a morte de 11mil  310 pessoas na Guiné Conakry, na Libéria e na Serra Leoa. Cerca de 28 mil e 616 casos de Ebola foram registados nos três países da África Ocidental, de acordo como o mesmo documento.

-0- PANA MA/MTA/TBM/SOC/MAR/DD 10junho2016

10 Junho 2016 14:32:12


xhtml CSS