OMS apoia campanha de imunização contra febre amarela na Nigéria

Abuja, Nigéria (PANA) – O Governo nigeriano lançou uma campanha de 10 dias para imunizar 874 mil pessoas no país contra a febre amarela nos Estados de Kwara e de Kogi, com o apoio da Organização Mundial da Saúde (OMS), segundo esta agência sanitária das Nações Unidas.

No quadro desta campanha lançada na semana passada, a OMS,  em colaboração com as autoridades sanitárias nigerianas, pretende aplicar a iniciativa em nove zonas do Estado de Kwara e em duas outras do Estado de Kogi.

« A campanha visa garantir que as populações residentes nas províncias de alto risco sejam protegidas da febre amarela,  e prevenir a propagação da doença em várias outras zonas do país », indicou o representante da OMS na Nigéria,  Wondimangenehu, num comunicado da ONU publicado esta semana.

A campanha, assinala-se, mobilizou mais de 200 trabalhadores de saúde e voluntários, visando as populações de nove meses a 45 anos.

O último surto da febre amarela na Nigéria data de 2002, com 20 casos registados dos quais 11 mortos.

A Nigéria solicitou assim a ajuda do grupo da Coordenação Internacional para o Abastecimento em Vacinas (ICG) contra a febre amarela. Com o apoio da Aliança Mundial para as Vacinas (GAVI), a quantidade de reservas de vacina contra a febre amarela de que dispõem presentemente as autoridades, está avaliada em  seis milhões de doses.

A OMS sublinhou, por outro lado, que ela apoia o plano de riposta do Governo nigeriano desde o surto do primeiro caso no país, a 12 de setembro de 2017.

E desde então, ela enviou peritos ao país para reforçar o controlo, as investigações, os testes efetuados a níveis dos laboratórios, as medidas para a saúde pública  e os compromisso a níveis das comunidades de risco.

-0- PANA MA/BAD/IS/SOC/FK/IZ  19out2017

19 Outubro 2017 18:27:38


xhtml CSS