OCI entristecido por catástrofe na Serra Leoa

Djedda, Arábia Saudita (PANA) - O secretário-geral da Organização para a Cooperação Islâmica (OCI), Youssef Al-Othaimeen, exprimiu quarta-feira "a sua profunda tristeza" depois da morte de 300 pessoas nos deslizamentos de terra ocorridos domingo último à noite em Freetown, na Serra Leoa.

Além das 300 pessoas mortas, 600 outras foram dadas como desaparecidas, soube-se de fonte segura no local.

Citado pelo site web da OIC, Othaimeen qualificou o que aconteceu neste país da África Ocidental de "catástrófico" antes de apresentar as suas condolências ao Governo e povo da Serra Leoa, em particular às famílias das vítimas.

A OCI solidariza-se com o povo e o Governo serraleonês e exorta os países membros da organização, as suas instituições e entidades regionais e internacionais, bem como as organizações humanitárias, a darem ajuda à Serra Leoa nos seus esforços para ultrapassar estes momentos difíceis.

-0- PANA AD/IN/IS/SOC/MAR/DD 17agosto2017

17 Agosto 2017 10:29:00


xhtml CSS