Novo surto de cólera e sarampo em Kivu-Sul, no leste da RD Congo

Kinshasa, RD Congo (PANA) - A cólera reapareceu depois duma acalmia de três meses na província de Kivu-Sul, no leste da República Democrática do Congo (RDC), indicou quarta-feira  Florence Marchal, coordenadora do grupo de comunicação das Nações Unidas.

Durante um briefing semanal da Irganização das Nações Unidas (ONU), Florecnce indicou que perto de 230 casos, incluindo um morto na localidade de Fizi, foram registados nas últimas duas semanas nas zonas de saúde de Fizi, Nundu e Uvira.

Peritos sanitários acompanham de perto a situação e continuam a dar respostas necessárias, nomeadamente em termos de boas práticas de higiene, para conter esta calamidade

Porém, o maior desafio nesta província endémica à cólera é o acesso à água e ao saneamento básico o que faz com que a doença se tenha tornado num maior problema de saúde pública na província.

Em 2016, mais de quatro mil casos foram registados, dos quais 28 mortos. As chuvas que se abateram sobre numerosas regiões contribuem para a propagação da doença.

Além disso, no território de Shabunda, sempre em Kivu-Sul, nota-se um número crescente de casos de sarampo.

Segundo as autoridades sanitárias locais, dez novos casos foram assinalados na semana passada, elevando assim o número de casos de 20 a 30 nas últimas duas semanas passadas.

Uma campanha de vacinação está em curso na zona de saúde de Matili onde foram relatados os primeiros casos mas o desafio principal continua a ser a falta de vacinas na província

-0- PANA KON/IS/SOC/MAR/DD 02março2017

02 Março 2017 15:05:14


xhtml CSS