Novo partido político criado no Egito

Cairo, Egito (PANA) - Um novo partido político denominado "Egípcios Livres" foi anunciado segunda-feira no Egito, constatou-se no local.

Criado por um riqíssimo empresário egípcio,  Naguib Saweeras, membro da minoria copta do Egito, este partido tem como fundamento um Estado Civil Democrático que funcione com base nos princípios do livre comércio e de um progama de justiça social.

Uma de dez personalidades árabes mais ricas, Saweeras afirmou que os membros do seu partido são na sua maioria muçulmanos.

Ele disse no entanto não ter a intenção de concorrer à presidência da República, mas que apoiará qualquer candidato a estas funções desde que seja favorável aos princípios de um Estado Civil Democrático, mesmo se ele pertencer ao influente grupo dos Irmãos Muçulmanos.

Saweeras, dono da Orascom Telecom, disse igualmente acreditar que um cristão pode vir a ser presidente do Egito.

Ele disse também compreender que isso possa chocar algumas sensibilidades num país onde quase 90 porcento da população são muçulmanos.

O Conselho Supremo das Forças Armadas, que garante a transição, desde a demissão a 11 de fevereiro último, sob a pressão da rua, do Presidente Hosni Mubarak, emendou recentemente a lei que rege a formação de novos partidos políticos para simplificar o processo.

-0- PANA MI/SEG/FJG/SSB/CCF/DD 05abril2011

05 Abril 2011 21:20:59


xhtml CSS