Nigéria sob ameaças de sanções da FIFA

Lagos, Nigéria (PANA) - A Federação Internacional de Futebol (FIFA) poderá sancionar a Nigéria por causa da dissolução, em circunstâncias obscuras, do comité executivo da Federação Nigeriana de Futebol (NFF), soube a PANA.

Os decisores públicos nigerianos tomaram uma série de medidas que parecem violar as leis da FIFA desde que o seu país foi eliminado, segunda-feira última, do Mundial 2014 no Brasil pela França.

Em primeiro lugar, o Tribunal do Estado do Plateau exigiu a demissão do presidente da
NFF encarregando o ministério dos Desportos de nomear um administrador interino, uma decisão rapidamente executada.

Sexta-feira última, o presidente da NFF, Aminu Maigari, foi brevemente detido pela Polícia aquando do seu regresso do Brasil.

Dois dias depois, o comité executivo da NFF, acusado de ter estragado a campanha da Nigéria no Mundial 2014, foi despedido por uma assembleia-geral extraordinária desta instância reguladora de futebol nigeriano.

Contudo, a FIFA não parece reconhecer as decisões da assembleia geral extraordinária da NFF que decidiu igualmente demitir a direção desta última, designando Laurent Katken como secretário-geral da NFF.

A FIFA, que proibe a ingerência do Governo nos assuntos das suas 209 federações filiadas, declarou que as decisões do congresso oficial de futebol convocado para 26 de agosto próximo serão considerados como as únicas legítimas.

-0- PANA SEG/AKA/JSG/MAR/DD 7julho2014

07 Julho 2014 13:08:54




xhtml CSS