Nigéria lança segundo satélite

Abuja- Nigéria (PANA) -- Na sequência do sucesso do primeiro satélite "Nigeria Sat I" lançado em 2003, a Nigéria anunciou que pretende pôr em órbita no próximo ano o segundo denominado "Nigeria Sat II".
O governo federal aprovou o início dos trabalhos no satélite de comunicações avaliado em 300 milhões de dólares americanos.
O ministro nigeriano da Ciência e Tecnologia, Turner Isoun, disse que quando estiver totalmente operacional, o satélite vai gerar em média 200 milhões de dólares americanos por ano para os cofres do governo.
A empresa chinesa "China Great Wall Industries Corporation" foi contratada para fabricar e lançar o satélite, ao passo que o sector privado local e internacional será envolvido no angariamento dos fundos necessários.
Turner Isoun disse que o "Nigerian Sat I" tem gerado dinheiro para a Nigéria e servido os países africanos, adiantando que alguns países e agências compraram dados que o satélite tinha reunido, sobretudo, desde o desastre do Tsunami na Ásia.
Um mapa satélite gerado pelo Nigerian Sat I custa mil dólares americanos, declarou o ministro.
O Nigeria Sat II terá um tempo de vida de 15 anos contra cinco do Sat I.
  Além disto, ele deverá criar mais de dois milhões de empregos e reduzir drasticamente o preço do acesso às últimas informações e à tecnologia da Internet no país, disse Turner Isoun.
O ministro da Ciência e Tecnologia afirmou também que o satélite vai beneficiar outras esferas da vida e da economia, incluindo a medicina, a difusão radiofónica e televisiva, a agricultura, as minas, o transporte, a navegação, a educação, o petróleo, o gás assim como a segurança.

11 Fevereiro 2005 08:29:00


xhtml CSS