Nigéria investiga sobre desastre aéreo

  Lagos- Nigéria (PANA) -- A Nigéria lançou quarta-feira uma investigação sobre o acidente do avião da companhia aérea local "Bellview" em Lissa, perto da capital económica de Lagos, que vitimou sábado 117 pessoas incluindo passageiros e membros da tripulação.
Especialistas da Comissão de Segurança Nacional dos Transportes dos Estados Unidos (NTSB) são esperados no país para se juntarem aos seus homólogos locais do Gabinete de Investigação de Acidentes do Ministério da Aviação para tentar determinar a causa do despenhamento do avião do tipo Boeing 737-200.
Fontes da Aviação Civil nigeriana revelaram que um responsável da fabricante do avião deve também juntar-se à equipa de investigação.
A legislatura bicameral da Nigéria ordenou também uma investigação sobre a causa do acidente com o Senado e a Câmara dos Representantes criando cada uma comissões especiais para esclarecer o incidente.
As primeiras especulações consideram o tempo como a principal causa do acidente, sobretudo porque os aldeões de Lissa afirmaram que havia chuva e relâmpagos durante o acidente de sábado à noite.
Uma milícia local antes desconhecida, a Coligação para a Acção do Militante (COMA) da conturbada região do Delta do Níger, reivindicou terça-feira a "inteira responsabilidade" pelo acidente, mas o porta-voz da Polícia Haz Iwendi desmentiu esta alegação dizendo não ser verdade.
"Reafirmamos que condenamos com veemência a contínua detenção de Mujahid Asari (líder da rebelião no Delta do Níger) e, até à sua libertação incondicional, vamos continuar a mostrar a nossa raiva contra as pessoas e as infra-estruturas do Estado nigeriano", afirmou o grupo.
Asari está a ser julgado por traição na capital administrativa nigeriana de Abuja.
Entretanto, as caixas negras do avião ainda não foram encontradas.
   O Ministro da Aviação nigeriana, Babalola Borishade, disse que as caixas negras, que podem ajudar a esclarecer o acidente, podem ainda encontrar-se na parte do avião que continua presa no local do acidente.

26 Outubro 2005 21:41:00




xhtml CSS