Nigéria aprova nova qualidade de mosquiteiros

Lagos- Nigéria (PANA) -- A Organização nigeriana de Padrões, a agência de controlo da qualidade no país, aprovou um novo modelo de qualidade para os mosquiteiros impregnados com insecticidas, no âmbito dos esforços para a eliminação da malária, que mata diariamente duas mil crianças na Nigéria.
O novo padrão abrange a qualidade do material, a costura e o embalamento das redes, bem como dos insecticidas usados para os mosquiteiros impregnados.
A aprovação do modelo foi o culminar de extensas discussões entre a agência de padrões, fabricantes de redes, representantes do governo e o UNICEF, que trabalham no combate à epidemia no âmbito da iniciativa de redução da malária.
Segundo uma pesquisa, os mosquiteiros podem reduzir os casos de malária a 50 por cento e quando usados em grande escala podem reduzir a 20 por cento as mortes relacionadas com a doença.
O Representante do UNICEF na Nigéria, Ezio Murzi, saudou a aprovação, referindo que isto promoverá o uso de mosquiteiros.
"Quando os consumidores sabem que estão a comprar um produto de alta qualidade, o seu uso provavelmente aumenta e isto ajudará com certeza nos esforços para o combate à malária", salientou.

09 Fevereiro 2003 13:25:00


xhtml CSS