Níger suspenso pela Assembleia Parlamentar da Francofonia

Paris- França (PANA) -- A Assembleia Parlamentar da Francofonia (APF) anunciou a suspensão do Níger das suas fileiras depois da dissolução do Parlamento pelo Presidente Mamadou Tandja, declarou segunda-feira em Paris o secretário-geral da instância francófona, Jacques Legendre.
O secretário-geral da APF, que apelou ao fim da "deriva ditatorial no Níger", declarou que "os nossos colegas parlamentares nigerinos, que estiveram connosco em Dakar estão ausentes desta 35ª Assembleia porque o Presidente Tandja dissolveu a Assembleia Nacional e para nós o Níger está suspenso de facto da APF depois desta grave decisão".
Falando durante uma conferência de imprensa, Jacques Legendre considerou "absolutamente" necessário parar a "deriva antidemocrática" no Níger, exlcuindo o regresso deste país ao seio da organização sem um Parlamento democraticamente eleito.
"É evidente que não aceitaremos reintegrar o país (o Níger) com um Conselho de Transição ou qualquer outra instância que não seja eleita democraticamente", sublinhou o secretário-geral da APF.

07 Julho 2009 09:57:00




xhtml CSS