Níger decreta três dias de luto nacional pela morte de Nelson Mandela

Niamey, Níger (PANA) – O Governo nigerino decretou um luto nacional de três dias em memória do antigo Presidente sul-africano, Nelson Mandela, falecido, quinta-feira à noite, aos 95 anos de idade, em Joanesburgo, capital económica sul-africana.

Durante estes três dias, as bandeiras estarão à meia haste em todo o país, sublinhou o chefe de Estado nigerino, Mahanadou Issoufou.

"Estamos todos tristes.  África acaba de perder um grande homem, um gigante. E não só África, mas também o mundo inteiro", reagiu.

Na sua ótica, Nelson Mandela pode ser considerado como o maior homem político do século XX, "um exemplo para todos nós".

" Ele foi encarcerado durante 27 anos, combateu para a restauração da dignidade humana. Liberto, Mandela perdoou, trabalhou para a reconciliação dos dois campos antagonistas (brancos e negros)", disse.

-0- PANA SA/JSG/CJB/DD 07dez2013

07 Dezembro 2013 14:36:25




xhtml CSS