Nações Unidas condenam ataque contra político ivoiriense

Abidjan- Côte d'Ivoire (PANA) -- A Operação das Nações Unidas na Côte d'Ivoire (ONUCI) condenou terça-feira o ataque contra um responsável da Frente Popular Ivoiriense (FPI), partido do Presidente Laurent Gbagbo, e a sua delegação sábado último em Boundiali (589 quilómetros a norte do país), indica um comunicado entregue à PANA.
Diabaté Bêh e um dos seus assistentes em visita a Boundiali foram atacados por 10 jovens armados de bastões, precisou a nota.
Este ataque provocou o desmaio dos dois membros da FPI e a destruição das suas viaturas.
Face ao ressurgimento da violência em algumas cidades da Côte d'Ivoire, a ONUCI convidou os actores políticos para evitar estas acções que bloqueam o processo de paz.
"O grupo foi salvo graças à intervenção das Forças Armadas das Forças Novas.
É tempo deste género de acções, que constituem um obstáculo ao pocesso de paz, cessar no país", prossegue o comunicado.
Na semana passada, o ministro Dakoury Tabley, proveniente do ex- movimento rebelde das Forças Novas, foi agredido por "Jovens Patriotas", adeptos do Presidente ivoiriense, durante uma visita a Daloa (oeste).

29 Agosto 2006 14:55:00




xhtml CSS