Nações Unidas concedem $ 300 milhões para apoiar Darfur

Nova Iorque- Estados Unidos (PANA) -- O apoio das Nações Unidas com vista a pôr termo à guerra na província ocidental sudanesa de Darfur custará à organização mundial de 300 milhões de dólares americanos nos primeiros seis meses, declarou quinta-feira em Nova Iorque a porta-voz da ONU, Michèle Montas.
Este programa de apoio, aceite pelo Governo sudanês, constitui a segunda fase dum plano em três etapas que deverá concluir-se com o envio duma força de manutenção híbrida União Africana (UA)-ONU de 17 mil militares e três mil polícias.
"No quadro deste apoio, que deverá custar 300 milhões de dólares americanos nos primeiros seis meses, a ONU forncerá mais de dois mil e 200 soldados, 350 polícias e mil e 100 trabalhadores civis à Missão da UA no Sudão (AMIS)", declarou Montas à PANA.
Vários helicópteros de ataque e outros equipamentos militares formarão parte deste apoio, indicou a porta-voz onusina, acrescentando que a ONU tenta obter fundos para o envio de outros materiais logísticos com vista a reforçar os soldados de manutenção da paz da UA em Darfur.
As Nações Unidas forneceram antes um apoio de 21 milhões de dólares americanos, que incluiu conselheiros políticos, pessoal civil, ajuda técnica e outros recursos no quadro da primeira fase do seu plano em Darfur.
De acordo com Montas, "o Secretário-Geral da ONU (Ban Ki-moon) manteve longas consultas com os líderes da região e dos outros territórios para abordar a questão de Darfur e trabalha intensamente para a aceleração do processo político e da operação híbrida".
Ban e os membros do Conselho de Segurança acolheram com satisfação a aceitação pelo Sudão do programa de apoio e pediram aos países africanos e às grandes potências para participar e apoiar o desdobramento.
O Secretário-Geral da ONU e o presidente da Comissão da UA, Alpha Oumar Konaré, reuniram-se esta semana em Nova Iorque para discutir os acordos concluídos em Novembro passado em Addis Abeba (Etiópia) e em Janeiro último em Abuja (Nigéria) sobre a crise em Darfur.
A crise desencadeada em Fevereiro de 2003 em Darfur causou 200 mil mortos e provocou a deslocação de mais de dois milhões de pessoas.

20 Abril 2007 13:01:00




xhtml CSS