Músico sul-africano contra envio de elefantes aos Estados Unidos

Cidade do Cabo- África do Sul (PANA) -- O músico sul-africano Dave Matthews apelou ao Rei Mwatsi III da Swazilândia a proibir a captura de 11 elefantes no Parque Nacional de Hlane para serem enviados aos jardins zoológicos de San Diego na Califórnia e Lowry Park na Flórida (Estados Unidos).
"Solicito respeitosamente para que considere em primeiro lugar o interesse dos elefantes e descarte qualquer plano de transportá- los aos jardins zoológicos dos Estados Unidos", referiu Matthews em carta endereçada ao monarca swazi.
O artista considerou que o encarceramento é uma matança prematura dos elefantes.
Pelo menos 79 elefantes africanos, a maior parte capturados na selva, morreram nos zoológicos dos Estados Unidos desde 1990.
Matthews, que vive nos EUA, ganhou vários discos de platina desde que começou a tocar na "Dave Matthews Band" em 1991.
O artista produziu uma trilha sonora para o filme "Amandla! A revolution in four-part harmony", a ser lançado este mês, que destaca o papel das músicas de liberdade na revolução pacífica que pôs fim ao apartheid na África do Sul.
A associação "Peoples for the Ethical Treatment of Animals" (PETA) apoiou a posição de Matthews, alegando que a estrutura social das manadas de elefantes que vivem ao ar livre é extremamente complexa e estes poderão não se reproduzir se aprisionados "mesmo pelo zoológico mais bem-intencionado".
A PETA instou mais de 60 zoológicos acreditados nos EUA a adoptarem uma política de proibição da captura de elefantes na selva e, ao invés disso, usarem as suas instalações para a recuperação de elefantes carentes que se encontram em circos e jardins zoológicos.

03 Março 2003 13:27:00


xhtml CSS