Mulheres partidárias do PRDS contra golpe de Estado

Nouakchott- Mauritânia (PANA) -- A Organização das mulheres filiadas ao Partido Republicano Democrático e Social (PRDS, no poder) organizou na tarde de sábado um comício de apoio ao presidente Maaouiya Ould Sid'Ahmed Taya, uma semana após a tentativa de derrube de 8 de Junho último.
Durante o comício, Lematt Mint Awnem, presidente da referida organização, criticou a tentativa de golpe de Estado perpetrada na noite de sábado passado por um grupo de oficiais.
Mint Awnzn qualificou esta tentativa de acto de traição num país que conhece uma liberdade política sem precedentes.
Sublinhou por outro lado a recusa da classe feminina de um regresso ao Estado de excepção, exortando as suas congéneres a serem vigilantes.
Expressou finalmente em nome das mulheres deste partido a sua solidariedade e o seu apoio ao presidente Maaouiya Ould Sid'Ahmed Taya.
Este comício, recorde-se, segue-se à outras manifestações espontâneas organizadas a partir de Nouakchott e no interior do país, após o fracasso da tentativa de derrube do presidente Taya.

15 Junho 2003 13:34:00




xhtml CSS