Mulheres maurícias frequentam cursos de informática

Port-Louis- Ilhas Maurícias (PANA) -- Pelo menos 185 mulheres dos bairros suburbanos de Port-Louis começaram a apreender informática no fim-de-semana passado no Centro das Mulheres de Abercombie (próximo da capital maurícia), no quadro das actividades para marcar o Dia Internacional da Mulher celebrado segunda-feira.
As aulas durarão um ano e serão repartidas em duas horas e meia por semana.
Falando aos participantes, a ministra dos Direitos da Mulher, do Bem-estar da Família e do Desenvolvimento da Criança, Arianne Navarre-Marie, disse que a visão do governo é de tornar as Ilhas Maurícias numa cyberilha.
"Encorajamos as mulheres a interessarem-se pelo domínio científico, para que não sejam deixadas à margem da estrada do desenvolvimento", sublinhou.
Uma exposição destinada a sensibilizar as mulheres sobre as possibilidades que oferecem as tecnologias da informação e da comunicação no Teatro de Rose-Hill (cerca de 15 km a sul de Port- Louis) e um concerto marcarão as manifestações alusivas ao Dia Internacional da Mulher nas Ilhas Maurícias.

08 Março 2004 12:25:00




xhtml CSS