Mugabe põe em causa África do Sul e Nigéria por caucionarem invasão da Líbia em 2011

Joanesburgo, África do Sul (PANA) - O Presidente zimbabweano, Robert Mugabe, criticou domingo a África do Sul e a Nigéria durante a Cimeira da União Africana (UA), por terem estado a favor de uma resolução do Conselho de Segurança (CS) da Organização das Nações Unidas (ONU) em 2011 que autorizou uma ação militar contra o então dirigente líbio, Muamar Kadafi, e o seu regime.

Devido a este "erro", os Estados africanos nunca estarão de acordo para que os dois obtenham assentos permanentes no sei do CS da ONU, afirmou Mugabe, presidente em exercício da Comunidade de Desenvolvimento da África Austral (SADC) durante uma reunião dum comité que debatia a posição africana sobre a reforma do CS.

De acordo com um consenso de 2005 redigido pelos dirigentes africanos, o continente negro deve exigir pelo menos dois assentos permanentes e cinco não permanentes neste órgão onusino com vista à sua representatividade a nível mundial.

-0- PANA CU/MA/MTA/TBM/IBA/MAR/DD 15junho2015

15 Junho 2015 09:37:06




xhtml CSS