Muamar Kadafi defende salvamento da paz e estabilidade na Côte d'Ivoire

Tripoli, Líbia (PANA) – O guia líbio, Muamar Kadafi, considera que é indispensável evitar na Côte d’Ivoire tudo que possa abala a paz e a estabilidade neste país.

Muamar Kadafi fez esta declaração durante uma conversa telefónica com os Presidentes Yayi Bony do Benin e Ernest Bai Koroma da Serra Leoa que, com o Presidente Pedro Pires de Cabo Verde, se encontram nesta terça-feira na capital ivoiriense, Abidjan, enquanto portadores duma mensagem da Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental ao Presidente cessante da Côte d'Ivoire,  Laurent Gbagbo.

Durante esta conversa, os Presidentes Yayi e Koroma informaram, segundo uma fonte oficial líbia, o guia Kadafi, Alto Medianeiro Permanente da segurança e da paz no espaço da Comunidade dos Estados Sahelo-Sarianos (CEN-SAD), sobre os resultados da missão de que são encarregues pela organização oeste-africana.

Os chefes de Estado da CEDEAO decidiram, no termo da sua reunião extraordinária de sexta-feira última em Abuja (Nigéria), enviar os três chefes de Estado para explicara Laurent Gbagbo a necessidade de deixar o poder para não forçar a organização regional  encarar uma opção militar contra ele.

A repressão pelo Exército, por ordens de Laurent Gbagbo, das manifestações pós-eleitorais em Abidjan e no interior do país, fez até hoje 173 mortos, segundo a Organização das Nações Unidas (ONU).

-0- PANA BY/FA/SSB/IBA/CJB/DD     28Dez2010

28 Dezembro 2010 21:14:59




xhtml CSS