Movimento feminino advoga modernização do estatuto da mulher na

Mauritânia Nouakchott- Mauritânia (PANA) -- O movimento das mulheres da Aliança Popular Progressista (APP) defendeu quarta-feira em Nouakchott, um grande debata nacional sobre a modernização do código do estatuto pessoal na Mauritânia, indica uma fonte oficial.
Numa declaração publicada por ocasião do Dia Internacional da Mulher, celebrado anualmente a 8 de Março, este partido deseja "a modernização do código do estatuto pessoal através de um debate alargado que envolva todos os segmentos em conformidade com as regras e prescrições do Islão".
As mulheres da APP reclamam por uma maior promoção do papel das mulheres no seio das instituições do Estado e por um lugar mais importante nestas instituições de tomada de decisões convidando as autoridades do país a um "estudo aprofundado e actualizado sobre as condições de vida da mulher mauritaniana".

09 Março 2006 20:22:00


xhtml CSS