Moussa Mara retira-se da corrida presidencial no Mali a favor de Cheick Modibo Diarra

Bamako, Mali (PANA) - O ex-primeiro ministro maliano, Moussa Mara, retirou-se da corrida presidencial a favor do também ex-primeiro-ministro Cheikh Modibo Diarra (2012-2013), soube-se este sábado de fonte oficial em Bamako.

"Tenho a honra de informar que retiro a minha candidatura às eleições presidenciais e comprometo-me a participar plenamente na animação da equipa em contituição em torno do  Diarra para endireitar o nosso país e dar-lhe um novo caminho para a unidade, segurança, justiça e prosperidade ", declarou sexta-feira Mara.

Indicou que a sua equipa estará totalmente à disposição da causa comum e que mobilizará toda a sua energia, sua imaginação e convicção para tal, exortando todos seus apoiantes a empurrar Cheick Modibo Diarra.

Moussa Mara, de 42 anos de idade, cujo partido Yelema (mudança) anunciou, há dois meses a sua candidatura a este escrutínio cuja primeira volta está marcada para 29 de julho próximo,
explicou a sua decisão pela "intervenção salutar de muitas organizações da sociedade civil, através de uma plataforma composta em torno do primeiro-ministro Cheick Modibo DIARRA-

Também avançou como razão desta retirada  a preocupação do seu partido em dar uma grande chance ao advento da verdadeira mudança no Mali.

O Yelema retirou-se da maioria presidencial há seis meses, em previsão destas eleições. refere-se em Bamako.

-0- PANA GT/DIM/DD 16junho2018



16 Junho 2018 14:30:42


xhtml CSS