Morto cantor de rap sul-africano

Cidade do Cabo, África do Sul (PANA) - A Polícia confirmou a detenção da namorada do célebre cantor de rap sul-africano Flabba na sequência da sua morte segunda-feira de manhã.

Segundo a Polícia, o músico e a sua namorada tiveram uma discussão em Alexandra, nos arredores de Joanesburgo, onde ele foi mortalmente apunhalado. O nome da suspeita não pode ser divulgado até à sua comparência em tribunal.

A vítima, de 38 anos, era membro fundador do Skwatta Kamp, um grupo que revolucionou a indústria da música local graças ao seu álbum Washumnkhukhu, largamente aclamado em 1997.

O seu primeiro álbum a solo, Nkuli, valeu a Flabba um prémio da música sul-africana de melhor álum rap em 2007.

Flabba tinha sido detido e inculpado por agressão numa discoteca em 2005.

As mensagens dos seus amigos e da sua família continuam a ser divulgadas na sequência do seu falecimento.

Sean Pages, um outro rapper, considera-o "uma fonte de inspiração e um irmão mais velho".

"Além de uma lenda, perdemos um grande homem. Eu lhe considero como um pioneiro", declarou Pages.

-0- PANA CU/SEG/NFB/JSG/FK/TON 09março2015

09 Março 2015 18:31:19


xhtml CSS