Morreu cantora angolana Lourdes Van-Dúnem

Luanda- Angola (PANA) -- A veterana cantora Lourdes Van-Dúnem, uma das precursoras da música angolana, morreu quarta-feira de febre tifóide aos 71 anos numa clínica em Luanda, revelou uma fonte familiar.
Nascida em 1935 em Luanda, Maria de Lourdes dos Santos Van-Dúnem iniciou a sua carreira musical nos anos 60 no conjunto "Ngola Ritmos" ao lado de Liceu Vieira Dias, José de Fontes Pereira, Amadeu Amorim e Belita Palma, considerados precursores da música angolana e artistas da luta anti-colonialista.
Com os Ngola Ritmos a cantora efectuou várias digressões por Angola e Portugal e gravou o seu primeiro disco "Monami", antes de trabalhar posteriormente com o agrupamento musical os "Jovens do Prenda".
Durante a sua carreira musical, Lourdes Van-Dúnem actuou também no Brasil, na África do Sul, na Argélia, em França, na Espanha e no Zimbabwe.
A cantora, que também era florista, gravou em 1996 em Portugal o seu compacto disco "Ser Mulher".
Ela participou igualmente no projecto "So Why" do Comité Internacional da Cruz Vermelha (CICV) ao lado dos músicos senegalês Youssou N'dour, congolês Papa Wemba, nigeriano Lagbaja e dos sul- africanos Lucky Dube e Jabu Khanyile.
A campanha do CICV, que incluiu a gravação de CD, videoclip, documentário e publicação dum livro teve como objectivo principal promover o respeito das vítimas da guerra e da violência política.
Lourdes Van-Dúnem deixa uma filha.

04 Janeiro 2006 13:16:00




xhtml CSS