Mocumbi solicita apoio do Gabão para sua eleição na OMS

Libreville- Gabão (PANA) -- O Primeiro ministro moçambicano, Pascoal Manuel Mucumbi, candidato ao posto de director geral da Organização mundial da saúde (OMS), solicitou, sexta-feira em Libreville, o apoio do Gabão para a sua eleição nesta instituição, soube-se de fonte oficial.
"Estimo que a minha cadindatura a este posto, nunca ocupado por um Africano, é melhor", disse esperançosamente o chefe do executivo moçambicano, no final de uma audiência com o presidente do Gabão,Omar Bongo.
Há cerca de dois meses, Omar Bongo tinha igualmente sido solicitado por um outro concorrente, o Dr Peter Piot, actual director da ONUSIDA sedeada em Geneva (Suiça).
Estes dois candidatos, bem como vários outros, esperam suceder ao Dr Gro Harlem Bruntland, eleito para este cargo pela Assembleia mundial da saúde, a 13 de Maio de 1998, para um mandato de cinco anos.
A eleição do próximo director geral da OMS está prevista para o mês de Fevereiro.

11 Janeiro 2003 13:34:00


xhtml CSS