Ministros africanos da Saúde debatem controlo da SIDA

Cartum- Sudão (PANA) -- Ministros da Saúde ou seus representantes de sete países africanos iniciaram quarta-feira uma reunião para coordenar os seus programas nacionais sobre o controlo do HIV/SIDA, malária e tuberculose.
Os Ministros da Saúde do Sudão, Egipto e da República Centro Africana participam da conferência, que está a ser assistida igualmente pelo Vice-Ministro etíope da Saúde e representantes dos Ministros da Saúde da Eritreia, Quénia e Tchade.
Organizações internacionais e regionais participam também do encontro.
O Vice-Presidente sudanês, Moses Machar, instou os participantes a ajudarem a reforçar a cooperação na luta contra o HIV/SIDA, malária e tuberculose na região.
"O HIV/SIDA, a tuberculose e a malária ameaçam o bem-estar das nossas nações e esperamos que vocês planifiquem programas para as combater .
.
.
", apelou.
O governante disse que "o Sudão conta muito com as recomendações da conferência, que, esperamos, consolidarão acções conjuntas para o combate à estas doenças".
O Director Regional da OMS para o Médio Oriente, Hussein el Jazairi, referiu que "o HIV/SIDA, a tuberculose e a malária estão a causar graves problemas em África e deveríamos nos unir para combatê-las".

05 Fevereiro 2003 18:30:00


xhtml CSS